Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

Páginas

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A ponte

Antes de ler o texto, assista o vídeo.



You Tube Video – A Ponte










GRAÇA é o mover de Deus sobre a alavanca da ponte.

GRAÇA é mágica.
Porque chamo de mágica algo que não consigo entender desde criança...
Sim, é milagre, você está dizendo enquanto lê!

GRAÇA é amor na sua forma mais abstrata,
mais incompreensível, totalmente irracional,
que perturba nosso senso de auto-realização e suficiência.

GRAÇA é um favor impagável, pura bondade.
Jamais há o que possamos oferecer em troca.

GRAÇA é um constrangimento tão profundo que produz gratidão.

GRAÇA é o fator que exclui todo o meu passado, que me dá uma nova chance de recomeçar, deixando cada erro, cada machucado para atrás...

Graça é o fator que renova minha vida,
chamando-me para viver o presente.

GRAÇA é o fundamento da esperança
que anima e refrigera o meu coração.

GRAÇA é quando não me preocupo mais com a opinião dos outros
e assumo minha total necessidade de Deus.

GRAÇA é Deus cuidando de mim o-tempo-todo-sem-parar.

GRAÇA é Jesus na cruz, é sua ressurreição, é sua vida por mim e por vc,
transpondo a ponte que nos separava de Deus.

GRAÇA é salvação de quem somos, e de para onde vamos
após essa passagem por aqui.

G R A Ç A

GRAÇA é mais que tudo o que possamos usar
como argumento para sua definição,
ou para o que sentimos no coração ao experimentar
a consciência de sua amplitude em nós.

GRAÇA é o que tornou possível eu ter escrito esse texto, que você,
por pura graça, está lendo agora.

Luciana Rodrigues

Blog -Tende Ânimo!

TESTEMUNHO DE FÉ-ZES



* Para quem duvidava da fé para coisas impossíveis, eis aí mais um alegre tristemunho .

** Se duvidas de alguma coisa, procura no You Tube. You Tube, sabeee!!

"De Volta Para o Futuro" completa 25 anos com previsões acertadas

Para celebrar os 25 anos da franquia "De Volta Para o Futuro", clássico da década de 80, vale lembrar alguns pontos que podem ser atribuídos ao sucesso da série de filmes. Afinal, prever tecnologias e modismos do futuro em 1989, sendo que parte delas de fato acontecem hoje, não é para qualquer um. Naquele ano, a sequência "De Volta Para o Futuro 2" foi lançada, trazendo a cidade de Hill Valley em 2015, cheio de costumes que conhecemos muito bem nos dias atuais.

Se agora vemos sequências de filmes de sucesso invadindo a programação dos cinemas, é espantoso assistir a cena em que o personagem principal Marty McFly (Michael J. Fox) se depara com o anúncio de "Tubarão 19" na bilheteria de um cinema local. E ainda em 3D!

Leia a matéria – MSN Entretenimento

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Lutando contra o Vento

O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.
Jesus Cristo - O Vento da Liberdade -

"Fico maravilhado com a graça de Deus presente em cada ser humano, capacitando-o a entender a simplicidade do evangelho através das mais variadas situações e momentos simples da vida, eis que eu estava a varrer as folhas que caem em frente a minha casa, e, ajuntando-as, lutava incessantemente contra o vento que insistia em espalhá-las, e lá ia eu juntando tudo novamente e mais uma vez o vento torna a fazer seu trabalho de soprar e espalhar tudo de novo. Observando isso lembrei a fala sobre o vento de Jesus com Nicodemos"

Era absurdo para o mestre Nicodemos ter que admitir que Jesus fosse vindo da parte de Deus, ele não era do clero sacerdotal vigente, não tinha formação nas escolas proféticas, vestes apropriadas, não sentava as mesas santas, nem tinha ofícios no santo templo, todavia os fatos eram inabaláveis contra os argumentos. A dureza religiosa o impelia a gritar contra a verdade diante dos seus olhos, que negada pelo medo da exclusão institucional, fato real em nossos dias, o levava as escuras diante da luz que ilumina todos os homens.

Jesus realizava feitos inacreditáveis que levavam os homens a questionarem sobre a sua autoridade para fazer tais coisas. Em Jesus fica clara a necessidade de abandonar tudo que não se harmoniza com a vida e nascer de novo para um nada saber, começando a caminhar a partir do encontro com Ele. Implicando assim em um salto no desconhecido e inseguro caminho da fé. A manifestação dos sinais de Jesus era a mais simples e clara declaração da chegada do reino de Deus aos homens, pois o mesmo nunca teve intenção de mostrar o poder de Deus para provar que Ele Era o que É, Jesus Cristo Deus-homem-evangelho, manifestando a imagem do Pai.

Jesus eliminou em Si mesmo a dependência e o controle dos homens como intermediários de Deus. O véu foi rasgado do alto a baixo, e agora os mercenários não podem mais impedir os homens de ter acesso a Deus, pois eles não precisam mais entrar no templo para este fim, o Pai mesmo veio tornar-lhes templo-morada do seu Espírito. O Espírito agora toma conta dos homens, e essa liberdade fica declarada nas palavras de Jesus quando o mesmo diz que o vento sopra onde quer, o monopólio foi tomado, os sacrifícios anuais e diários eliminados, um único sacrifício foi oferecido de uma vez por todas. Quem pode segurar o agir do Vento? Quem pode detê-lo? Quem o impedirá de soprar? Quem pode mantê-lo preso em paredes? O mover do Espírito de vida e graça está soprando em todo o ser vivo, em todos os lugares, em todas as culturas, das mais diversas formas, renovando a face da terra, acolhendo os cansados e perdidos de si mesmos. Cessai as obras de tolos, parai de ajuntar os homens como folhas em lugares de contenção, nada sois mais que o teu próximo, pois todos pecaram e carecem da misericórdia graciosa de Deus. Somos só isso, folhas que são levadas pelos caminhos do Caminho no chão dessa vida, pelo sopro do Vento de Vida que conduz a vida diária e eterna na presença do Pai.

"E foi assim tentado segurar e ajuntar as folhas na frente da minha casa que mais uma vez entendi que Ele nos fez livres como o vento, está no controle de tudo e sempre estará conduzindo todos a Sí mesmo em amor, misericórdia e perdão"

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A Glória da 3° Casa - A mais nova do Bispo

O Mega-Hyper-Ultra-Super Bispo-Empresário-Empreendedor-Amarrador-de-Capetas Gospel declara sobre seu mais recente investimento – O Novo Templo de Salomão; ou seria Edirlomão??!!.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Ao mestre, com carinho!


*A todos os nossos queridos e saudosos professores!!

Mestre,
É aquele que caminha com o tempo,
Propondo paz, fazendo comunhão,
despertando sabedoria.

Mestre é aquele que estende a mão,
inicia o diálogo e encaminha
para a aventura da vida.

Não é o que ensina fórmulas, regras,
raciocínios, mas o que questiona
e desperta para a realidade.

Não é aquele que dá de seu saber,
mas é aquele que faz germinar
o saber do discípulo.

Mestre é você meu professor amigo
que me compreende, me estimula,
me comunica e me enriquece com
sua presença, seu saber e sua ternura.

Eu serei sempre um seu discípulo
na escola da vida.

Obrigado, professor!


Leia sobre a origem do dia do professor:
Portal da Família
Fonte:
Belas Mensagens

Acolha as crianças como Jesus as acolheu

“Alguns traziam crianças a Jesus para que ele tocasse nelas, mas os discípulos os repreendiam. Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes disse: ‘deixe vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas. Digo-lhes a verdade: quem não receber o reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele. ’ Em seguida tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou. (Mc 10:13-16)
Jesus ensinava o que fazia e fazia o que ensinava.
Por sua prática de acolhimento, ele estava ensinando um novo jeito de se lidar com as crianças. Os pequeninos nunca representaram barreira para a missão. Quando trouxeram as crianças, os discípulos reagiram negativamente.
Para eles, aquela não era a ocasião propicia para se trazer crianças. Parece normal que as crianças sejam acolhidas, se abrirmos um parêntese em nossas programações, se há um dia marcado ou uma sala especial. Mas se as crianças aparecem nas ocasiões não previstas, nós as rejeitamos do mesmo modo como os discípulos de Jesus fizeram. A indignação de Jesus é decorrente da sua percepção em relação à indiferença e repudio que os discípulos manifestaram em relação às crianças. Pela primeira vez se usa a expressão “indignação” para se referir a um sentimento de Jesus Cristo.
Ele ficou indignado. Os discípulos não deveriam criar embaraço para que as crianças se aproximassem de Jesus. A presença de criança é sempre bem-vinda e prazerosa. Se você não se sente bem com a presença de uma criança há alguma coisa de errado na sua interioridade. Ou, se alguma coisa atividade não é propícia às crianças, provavelmente essa atividade não possui a natureza do reino de Deus.
Precisamos descobrir formas criativas de aproximação coletiva e publica com as nossas crianças. As crianças precisam de espaço social acolhedor que propicie proteção e vida abundante. O lar, os templos, escolas e praças de lazer e esporte são necessárias a qualquer criança em qualquer lugar do mundo. Embaraçar o acesso da criança a esses bens da vida causa indignação a quem tem o mínimo de senso de justiça e noção sobre direito. A nossa atitude em relação as crianças acontece numa pedagogia de duas mãos – enquanto as abençoamos, aprendemos com elas a respeito da simplicidade do reino de Deus. É o reino das pessoas que não possuem poder da compra, não estão nos escalões de poder social, não são reconhecidas por critérios de produção e em sua fragilidade humana dependem muito mais de Deus. As crianças alem de priorizadas por Jesus Cristo, representam os critérios de cidadania das pessoas comprometidas com o reino de Deus e o evangelho de Jesus cristo, animo a todas as pessoas a buscarem criativamente caminhos inteligentes que possam tornar as nossas crianças agentes e motivo de nossa vocação e missão."

Autor: Pr. Carlos Queiroz

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Deficiente


"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre."

(Mário Quintana)

Fonte: Meu Cantinho

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Capitão Nascimento e o Evangelho


O Evangelho é osso duro de roer pra quem quer seguir Jesus, sem na redenção crer!!

PENSE NISSO

Só quando a gente fala o que a gente pensa, é que a mente da gente ouve o que a gente diz. Um pensamento deveras intrigante e não um óbvio ululante, como você talvez pense.
Assim, a nossa mente pensativa, pensadora e pensante, tal e qual o nosso coração pulsante, pode ouvir a si mesma.
Ora, sessenta mil pensamentos temos por dia.
Apenas as palavras pronunciadas serão absorvidas pela audição. Você ouvirá você mesmo, portanto.
Frases e palavras pronunciadas, levarão de volta a mente o que por ela mesma foi pensado.
Ora, diante do pensamento, mais veloz do que a luz, segundo eu penso, a palavra é lenta qual uma lesma.
A palavra escrita, inclusive, que não pode ser ouvida, exceto quando lida, através do som das palavras pronunciadas. Só aí então, podem ser ouvidas, pela mente que as dita.
A dica da catarse, portanto, não está só no falar, mas principalmente, no ouvir. A mente, nascente e berço dos pensamentos, faz o pensar se transformar em sentir. O sentir travestido de desejo propõe-se ao ensejo de realizar. Se é pensar que lhe faz existir, você é logicamente aquilo que pensa. E ouvir-se é, consequentemente, auto-conhecer-se, não sendo dessa forma um louco, quem fala sozinho.
Tenha bastante cuidado quando falar. A mente é um roçado, já dizia Luiza Teodoro em sua cartilha. Todo pensamento que não é milho deve ser capinado. A mente é cheia de ervas daninhas. No entanto, para entender tudo isso, é necessário saber uma coisa: Nada é nosso! Nem o pensar, nem o falar, sequer o existir. E veja você: Se algo há que realmente é nosso, que pelo Alto nos foi dado, é o ato de escolher.
Pense bem.
Pensar bem nos faz viver melhor.
E o que é melhor, nos faz viver livres.
Tão livre quanto alguém que livre pensa.
A liberdade está no ato de pensar.
Pense nisso.

Mino - The Mino Times (Caderno 3 do Diário do Nordeste em 02/10/10)
Leia Diariamente: Diário do Nordeste

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

PT tenta conter onda anti-Dilma no meio evangélico

Charges Alpino - Colunista Yahoo

Dilma parte em busca do voto evangélico

Charges Alpino - Colunista Yahoo

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

A SABEDORIA DO NÃO-SABER

Meditar em Tiago 3

Quem conhece a sua ignorância mostra que discerniu a mais alta sabedoria.
Quem não enxerga a própria ignorância existe sempre nas profundezas das auto-fantasias.
Aquele, porém, que conhece a ilusão como ilusão não é engolido pela fantasia que pensa ser realidade.
Aquele que reconhece a sua ignorância se torna sábio.
Aquele que se torna sábio cresce na consciência do não-saber, e isto o guarda de toda a ilusão.
Que adianta acabar com grandes ódios, quando ficam amarguras?
Há remédio para isto?
Queres saber a resposta?
É muito simples: Faz a tua parte de todo o teu coração, e vive esquecido de teus direitos.
Quem se deixa conduzir pela consciência límpida, esse vai perdendo a noção de direito, e, assim, em sua alma cresce a paz, e dele emana justiça e bondade.
Deus não tem preferidos entre os homens, mas não há dúvida de que no olhar dos simples se vê o Seu amor.
Há algum sábio entre nós?
Se há que o mostre mediante espírito de moderação, bondade, misericórdia, e justiça. E que esse ande certo de não levar na alma nenhuma inveja amargurada e espírito faccioso, pois, sobre tais fundamentos existenciais, somente cresce a sabedoria temporal, animal e demoníaca.
A sabedoria que vem do alto é pura, indulgente, misericordiosa, pacifica tratável, amiga, justa, imparcial, e não fingida.
O verdadeiro sábio não leva amargura, inveja, e espírito de divisão em sua alma. Mas o sábio da morte chama a sua malandragem de inteligência, a sua astúcia de conhecimento, e suas maquinações de precaução.

Na casa do sábio da morte há toda sorte de divisão e de coisas ruins. E sua alma é morada da morte.

Pense nisto!

Caio

Acesse: Caio Fabio

O tempo


A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana

Fonte:Pensador.INFO

Turma do Snoopy completa 60 anos


* Foi dia 02/10 mais não podia deixar passar em branco, pois fez parte da minha infância e de muitos também.

Os personagens da série Peanuts, mais conhecida no Brasil como A Tuma do Minduim, completam 60 anos neste sábado (2). Criados em 1950 por Charles Schulz (1922-2000), as tirinhas mostram Charlie Brown e o seu cachorro Snoopy e contam com os adoráveis Linus, Marcie, Patty Pimentinha, Lucy, Schroeder, entre outros.

A última tirinha da série, que até virou desenho animado devido ao seu sucesso, foi publicada um dia após a morte de Schulz, no dia 13 de fevereiro de 2000. Nela, o cartunista se despedia dos personagens e dos fãs da série.

Fonte:O Jornal

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Um Tributo - A toda gente que compartilha o caminho no Caminho das gentes.


A gente que é gente de verdade, que sente, chora, pensa, repensa, reflete.
Que se enraivece, entristece, emudece, vai e volta, e esquece o stress.
Gente que vive, sonha, entende, magoa-se, perdoa e perdoa-se
Que tem fé no que é, que mantém de pé, sem precisar se afirmar em dizer quem é
Gente que se olha no espelho e enxerga exatamente o que está vendo
Que sabe que precisa viver entendendo que só se pode ser o que se é vivendo
Gente que perdeu o amor e ficou sem cor, sentindo a dor da decepção
Que se desencantou com as verdades de mentira, mas controlou a ira
Gente que levanta sacode a poeira e dá a volta por cima, sem perder a rima
Que percebeu que o amor não morreu mais se converteu em caminho de vida na vida em vida
Gente que não julga não por não querer, mas por saber que é exatamente igual ao outro
Que vive no sufoco de uma vida de aflições e decepções sem perder a esperança
Gente que vive cada dia com seu próprio bem e mal sabendo que nada é igual
Que acolhe, ensina, caminha junto, chora junto e também ri junto
Gente que me entende, que não me vê além do que sou, que não se envergonha de estar comigo seja onde for
Que me ensinou com palavras, sem palavras, com sorrisos, com lágrimas, que a graça está na vida e a vida segue no caminho do Caminho de Graça.
Gente que mora no meu coração, que vive sem ilusão pisando na terra batida desse chão.
Para os quais dedico um vídeo com uma canção.




Letra: Gonzaguinha – Letras Terra

Eleito como deputado federal mais votado, Tiririca leva consigo mais de 3 candidatos

SÃO PAULO - Com 99.22% das urnas apuradas em SP, às 22h31, o candidato a deputado federal Tiririca (PR) aparecia com 1,344 mi de votos, o que lhe permitiria levar consigo outros 3 candidatos 'e meio' para Câmara, além de garantir sua própria vaga.

O total de votos válidos para deputado federal em SP, apurados até aquele momento, era de 21,2 mi. Como o Estado tem 70 cadeiras na Câmara, seriam necessários 302,3 mil votos para eleger um parlamentar na Casa. A votação em Tiririca elegeria, portanto, 4,5 candidatos contando com ele próprio. Candidato mais votado, Tiririca é conseqüentemente quem mais vai puxar votos para os colegas de coligação. O segundo maior puxador de votos de SP é Gabriel Chalita (PSB), com 557 mil votos. Até esse momento, a coligação que inclui Tiririca (PR, PT, PC do B, PRB e PT do B) tinha conquistado 24 vagas para deputado federal por São Paulo. Já a coligação PSDB-DEM-PPS, aparecia com 22 vagas.

A coligação de Chalita, PSB e PSL, tinha 7 cadeiras; o PV, 6, e o PDT, 3. As demais coligações juntas tinham 8 parlamentares em SP.

Os dados são parciais e o número de cadeiras de cada coligação ainda pode aumentar ou diminuir.

Foto – Blog Estadão.Com
Fonte Msn Notícias